Morcegos quebram recorde velocidade em voo

Morcegos da espécie Tadarida brasiliensis estabeleceram um novo recorde de velocidade em voo horizontal, superando todas as aves do mundo. O recorde anterior desses animais era de 110 km por hora.

Embora as aves continuam sendo os animais aéreos mais rápidos quando em mergulho, pesquisadores do Instituto Max Planck de Ornitologia descobriram que esses morcegos, pesando apenas 12 gramas, podem atingir velocidade de até 160 km/h em voo horizontal.

morcego-tadarida-brasiliensis

Morcegos velozes surpreenderam até os pesquisadores

“Inicialmente, mal podíamos acreditar em nossos dados, mas eles estavam corretos: às vezes, as fêmeas, que pesam entre 11 e 12 gramas, voavam a velocidades de mais de 160 quilômetros por hora – um novo recorde de voo horizontal”, disse o Dr. Kamran Safi, membro do Instituto Max Planck.

kamran-safi

Aparentemente a habilidade do morcego de voar vem de seu corpo incrivelmente leve e asas muito longas. Mas ainda há muitos mistérios que cercam essas pequenas criaturas. A equipe de pesquisadores teorizou que o baixo peso do morcego e sua “forma aerodinâmica de projétil” tiveram importante papel em seu desempenho.

tadarida-brasiliensis

Medir a velocidade dos morcegos foi um desafio

Até mesmo cronometrar suas velocidades representou um enorme desafio. A equipe usou transmissores de rádio de meio grama em um punhado de morcegos. Os transmissores se desligaram por conta própria após alguns dias.
A equipe então usou receptores móveis em uma aeronave para documentar as velocidades.

“Não foi fácil para o piloto acompanhar os animais em voo rápido para que pudéssemos localizá-los com precisão e medir sua trajetória de voo continuamente”, disse a integrante da equipe, Dina Dechmann.

dina-dechmann

A equipe também descartou o vento como qualquer tipo de assistência para esses rápidos mamíferos voadores.
“Fatores externos como o terreno e rajadas de vento não podem explicar esses resultados, já que eles não tiveram impacto sobre as velocidades máximas”, explicou Dechmann.

free-tailed-bat

América do Norte abriga colônia de morcegos “a jato”

Os morcegos Tadarida brasiliensis, podem ser encontrados em qualquer parte do oeste dos Estados Unidos em partes da Argentina. A maior colônia conhecida pode ser encontrada na caverna Bracken, ao norte de San Antonio, Texas. O lugar abriga quase 20 milhões de morcegos.

bracken-cave

Adicione um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

loading...