Os mais Incríveis castelos já construídos

As histórias que envolvem os castelos são sempre fascinantes. Guerras, conquistas, grandes bailes, tragédias, fantasmas e, claro, histórias de amores impossíveis.

Os castelos surgiram durante o período medieval, os primeiros são datados do século IX. São erguidos à fim de proteger regiões e ou famílias importantes. Não há nenhum castelo igual ao outro, mas eles guardam certas semelhanças, como uma capela, torre para a vigilância, salão principal e o quarto dos senhores.

Conheça a história por trás de alguns dos castelos medievais mais imponentes da Europa:

1

Mont Saint-Michel – França

castelo-mont-saint-michel

O Castelo Monte São Miguel (em português) é um patrimônio mundial, está localizado em uma ilha rochosa no mar da Normandia, a aproximadamente 350km de Paris. É o terceiro lugar mais visitado dentro da França.

A origem do castelo é envolta na lenda de que o Arcanjo São Miguel teria ordenado ao bispo Aubert que construísse um santuário em sua honra. Assim, no ano de 708, na parte mais alta do monte foi erguida à igreja.

No século X, monges beneditinos se instalaram no local, então um pequeno vilarejo foi se desenvolvendo e muitos foram atraídos pela espiritualidade.

A atual fortaleza em estilo gótico foi construída no século XVI e é um bom exemplo de construção feudal. O alto é marcado pela igreja e nos arredores há os grandes salões; as casas e lojas estão num nível abaixo; já além dos muros da comunidade, está a vila de pescadores.

Durante a Revolução Francesa, o castelo serviu como prisão para condenados.

2

Castelo Predjama – Eslovênia

castelo-predjama

Sobre um penhasco de 123 metros de altura, o Castelo de Predjama é uma fortaleza que se funde com a natureza.

A sua construção atual, em estilo renascentista, é de 1570. Entretanto, as primeiras referencias ao castelo datam de 1202. O castelo está localizado na Eslovênia, leste europeu.

Uma das histórias mais famosas envolvendo o castelo se passa no século XVI, quando ele serviu de fortaleza para o rebelde cavaleiro Erazem, que possuía problemas com a corte. Condenado, ele se escondeu em Predjama.

Os soldados não conseguiram adentrar o castelo, então esperaram a comida acabar. Entretanto, como há uma passagem secreta atrás do castelo não houve escassez de alimento. No final, um soldado subornou um funcionário e fizeram uma emboscada para o cavaleiro.

Uma parte do castelo é a própria gruta do penhasco, que era habitada desde os tempos pré-históricos. Há um sistema de armazenamento da água que escorre pelas rochas. Hoje, o castelo é um museu aberto à visitação.

3

Castelos de Windsor – Inglaterra

castelo-windsor

Erguido no final do século XI pelo rei da Normandia, atualmente o Castelo de Windsor é uma das residências reais preferidas da rainha Elizabeth II. É um dos castelos mais preservados do mundo, devido às suas inúmeros reformas. Está localizado na cidade de Windsor, condado de Berkshire.

O castelo foi utilizado como quartel-general durante a Guerra Civil Inglesa (1642-51) e a sua última prova de resistência foi durante a II Guerra Mundial, quando serviu de base para a família real.

Quando os membros da realeza não estão em Windsor, é possível realizar visitas turísticas ao local. Pode-se apreciar pinturas de Rembrant, Canaletto e Gainsborough, que pertencem à Coleção Real.

4

Castelo de Bran – Romênia

castelo-bran

O Castelo de Bran é conhecido como o castelo do Conde Drácula. A fortaleza localizada em Bran, próximo à Transilvânia, condiz com a definição do local de refúgio do famoso vampiro das histórias de terror do romancista Bram Stoker. A região é sinônimo de mistério.

A construção foi erguida no início do século XIII pelos cavaleiros da Ordem Teutônica. No século seguinte, ele foi utilizado como fortaleza contra o Império Otomano. Anos mais tarde, tornou-se posto de coleta de imposto e durante o comunismo virou museu.

Atualmente, é um importante ponto turístico da Romênia devido à associação ao Conde Drácula.

5

Castelo de Neuschwanstein – Alemanha

castelo-neuschwanstein

De complicado nome alemão que significa nova pedra do cisne, o castelo impressiona por sua imponência e beleza. Conta-se que sua arquitetura inspirou os castelos da Disney. Está localizado nos Alpes da Baviera, região próxima à fronteira com a Áustria.

Surgiu como um refúgio solitário do rei da Bavária também conhecido como o louco, devido as suas ambições em torno da construção do castelo. Ele também se considerava um mediador entre Deus e o povo. Infelizmente, o rei não viu o seu sonho fortificado, pois veio a falecer antes.

Apesar de ter sido aberto ao público em 1886, somente foi finalizado seis anos depois. Entretanto, à obra foi simplificada se comparada ao projeto original.

Apesar da arquitetura ser inspirada na idade média, as técnicas de construção são as mais modernas. Há aquecimento de ar nos quartos, água corrente em todos os andares, os banheiros possuem sistema automático de descarga, há elevador para entrega de comida, telefone e sino elétrico para chamar os criados.

6

Castelo de Chillon – Suíça

castelo-chillon

Situado em uma posição estratégica às margens do Lago Genebra, o Castelo de Chillon realizava o controle sobre a passagem entre o sul e o norte europeu.

Os primeiros registros da construção datam do século XII. Contudo, historiadores afirmam que o local é ocupado desde a Idade do Bronze (3.000 a.C.), sendo a fortificação resultado de inúmeras transformações.

Lord Byron, famoso poeta britânico, após visitar o local, imortalizou o castelo no seu poema “O prisioneiro de Chillon”, que conta a história de um antigo encarcerado.

Atualmente, o castelo pertence ao cantão de Vaud e possui sua própria fabricação de vinho. É o ponto turístico mais visitado da Suíça.

Adicione um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

loading...