Caso raro: Bebê nasce com língua gigantesca

Paisley Morrison-Johnson nasceu com uma síndrome rara, que fez com que a sua língua fosse do tamanho equivalente à língua de uma pessoa adulta. Por causa dessa condição, a menina não conseguia fechar a boca e respirar normalmente.

paisley-morrison-johnson-lingua-grande

Trata-se de uma síndrome raríssima chamada de síndrome de Beckwith-Wiedemann (SBW), que atinge uma em cada 13,7 mil crianças. Esta doença faz com que os órgãos cresçam mais que o esperado. No caso de Paisley, o órgão que apresentou crescimento anormal foi a língua.

paisley-morrison-johnson-antes-cirurgia

Condição compromete a respiração e a fala

Por ter a língua com o dobro do tamanho normal, a bebê ficava com a respiração obstruída, fazendo com que ela tivesse que ser alimentada através de uma sonda. No futuro, a língua gigante iria atrapalhar o desenvolvimento da fala.

Bebê passou por duas cirurgias reparadoras

Recentemente, Paisley passou por duas cirurgias para diminuir o tamanho da língua. Na primeira vez, a língua cresceu novamente e, por isso, foi preciso um novo procedimento. A segunda cirurgia foi um sucesso e a criança se recupera bem.

paisley-morrison-johnson-pos-cirurgia

Hoje com 1 ano e quatro meses de vida, a criança pode se alimentar normalmente e já está dando seus primeiros sorrisos e também falando suas primeiras palavras.

Os pais Madison Kienow e Shannon Morrison-Jhonson, estão felizes com a recuperação da garotinha e esperam que ela não precise passar por novos procedimentos cirúrgicos.

madison-kienow-shannon-morrison-jhonson

“Poder vê-la sorrir é incrível e, agora, ela não tem nem problemas para comer, o que é um grande alívio”, declarou feliz o pai da menina.

Os médicos acreditam que uma nova intervenção não será necessária, mas, ainda assim, a menina continua sendo monitorada por conta de outros sintomas relacionados à síndrome.

Menina foi alvo de preconceito

Mesmo com a pouca idade, a menina foi vítima de comentários maldosos por conta de sua condição.

Para os pais, não foi nada fácil lidar com isso. “As pessoas sempre vinham me perguntar porque ela era tão diferente e tinha uma língua tão grande”, contou a mãe.

paisley-morrison-johnson

Adicione um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

loading...