Australiano luta com canguru para salvar cão

Um vídeo curioso bombou recentemente nas redes sociais. Nele, um homem desce de um carro e parte para cima de um canguru para salvar um cão que havia sido dominado pelo marsupial.

O australiano Greig Tonkins é funcionário do zoológico Taronga Western Plains, em Dubbo, no estado da Nova Gales do Sul. Ele recebeu duras críticas, não só do seu local de trabalho, como também de conservacionistas.

Na filmagem é possível ver em determinado momento Tonkins desferindo um soco no rosto do canguru, que ficou sem reação. As imagens foram registradas no dia 15 de junho, mas só ganharam destaque neste mês, com a publicação do vídeo no YouTube.

Assista ao vídeo:

Zoológico repudiou o ato do funcionário

Em nota, a administração do Taronga Western Plains informou que o comportamento esperado de seus funcionários é o de bem-estar e cuidados com os animais.

O zoológico disse ainda que está analisando a conduta de Tonkins antes de tomar qualquer medida. Já a Sociedade de Preservação de Taronga disse que o ato cometido contra o animal selvagem não é tolerável.

Canguru é símbolo da Austrália

Um dos motivos de repudio ao ato cometido por Greig é que o canguru é considerado um símbolo na Austrália. Além disso, a filmagem comprova que a agressão ao animal era desnecessária, pois o cão já havia sido libertado.

Os cangurus vivem na Austrália continental e possuem uma dieta baseada em frutas e vegetais. A gestação da fêmea leva de 30 a 40 dias e ela dá à luz a apenas um filhote por vez. O desenvolvimento do filhote ocorre na bolsa que há na barriga da mãe, onde ele pode mamar e se proteger.

Quando ameaçados, os cangurus podem ser agressivos com o invasor, embora na maioria das vezes esses mamíferos sejam calmos. Um canguru adulto pode medir até 1,60 m e pesar 90 kg.

Adicione um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

loading...