5 reimplantes cirúrgicos bem-sucedidos

Quem imaginaria há algumas décadas que reimplantes de partes do corpo seria possível? E ainda que o membro afetado voltasse a ser funcional como antes.

Felizmente, com os avanços da medicina foram criados uma série de procedimentos para devolver a mobilidade aos acidentados.

Confira 5 dos reimplantes cirúrgicos mais bem-sucedidos da medicina moderna:

1

Reimplantação das mãos

Em 2001, ao operar uma máquina a vácuo, Arsenio Matias, acidentalmente cortou as duas mãos na altura do pulso.

O acidente ocorreu na República Dominicana, onde algumas horas depois os médicos do Hospital Stony Brook fizeram um reimplante de sucesso usando como suporte microscópios e lentes de aumento para refazer os ligamentos.

A expectativa dos médicos era que Arsenio recuperasse por volta de 50% da sensibilidade das mãos. Contudo, poucos dias depois, a equipe médica se surpreendeu positivamente quando ele disse que sentia perfeitamente as mãos e que não tinha nenhum tipo de dor.

2

Reimplantação dos braços

Imagine o quão horrível pode ser perder dois braços em um acidente. Em 1992, essa tragédia aconteceu com John Thompson, que na época tinha 18 anos de idade.

Enquanto estava moendo alimentos para animais na fazenda de sua família, na Inglaterra, Jhon ficou preso no eixo do trator e teve os dois braços decepados na altura dos ombros. Para agravar a situação, ele estava sozinho na fazenda.

Horas depois os braços de Jhon foram reimplantados por cirurgiões plásticos. Até 2012, o rapaz já havia passado por mais de 30 cirurgias e conseguido recuperar o movimento dos braços de forma limitada.

3

Reimplante de couro cabeludo

Em 2014, Emily Stinnett, de apenas 4 anos, estava brincando na casa de seu pai quando foi brutalmente atacada por um cachorro da raça pit bull. O ataque aconteceu no estado do Kentrucky, nos Estados Unidos.

O cachorro arrancou grande parte do couro cabeludo da menina obrigando os agentes atirarem nele até a morte. Após isso, abriram o animal e recuperaram o couro cabeludo da menina que estava dividido em quatro partes.

A recolocação de partes do couro cabeludo de Emily foi um sucesso e contou com a ajuda da terapia de sanguessugas.

4

Recolocação da cabeça à espinha

Em 2014, na Grã-Bretanha, Tony Cowan colidiu seu veículo em alta velocidade em um poste telefônico.

O homem foi encontrado em estado gravíssimo, sem batimentos cardíacos e com a cabeça separada espinha. Apenas músculos e tecidos mantinham a cabeça no lugar.

O Dr. Anant Kamat foi responsável pela complexa cirurgia de recolocar o crânio de Tony à sua espinha. Para isso, usou parafusos e placas de metal.

Após meses da Unidade de Terapia Intensiva (UTI), Tony recuperou parte do movimento facial e tem sido capaz de se comunicar por mímicas e de um painel eletrônico. A sobrevivência dele é considerado um milagre.

5

Reimplante de rosto

Em 1994, na Índia, Sandeep Kaur, que na época tinha somente 9 anos, prendeu as tranças de seu cabelo em uma debulhadora de grãos. A menina teve seu couro cabeludo e face arrancados.

Um procedimento de cerca de 10 horas, feito pelo Dr. Abraham Thomas reconectou os nervos e vasos sanguíneos da parte do rosto e couro cabeludo que havia sido arrancado.

O procedimento foi um sucesso e em 2005, Sandeep estudava para se tornar uma enfermeira.

1 Comentário

Adicione um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

loading...