5 mistérios que assombram a internet

A internet é uma fonte inesgotável de conhecimento. Ao navegar pelos mais diversos sites podemos encontrar diferentes formas de entretenimento e também conteúdo de valor cultural.

Sendo a maior de rede de computadores do mundo “alimentada” por pessoas, é natural que coisas bizarras também estejam acessíveis.

Em geral produtos da mente humana, quase sempre alguém querendo chamar a atenção ou causar espanto. Embora, também hajam casos de pessoas com algum distúrbio psicológico, ou até mesmo indivíduos com muita criatividade e tempo livre envolvidos…

Fato é que, a internet guarda alguns mistérios que ainda não tiveram uma explicação lógica encontrada. A seguir citamos 5 deles:

1

Karin Catherine Waldegrave

karin-catherine-waldegrave

Em 2011, a suposta canadense Karin Catherine Waldegrave começou a postar uma série de coisas sem sentidos em seu perfil no Facebook.

Sem qualquer desordem psicológica anteriormente aparente, ela passou a se dedicar 12 horas por dia a responder publicações feitas por ela mesma. Certa vez chegou a responder 700 vezes a mesma coisa.

De acordo com o perfil na rede social, a mulher era PHD pela Universidade de Toronto e tinha domínio em várias línguas. Isto deixou os usuários em dúvida, sem saber se este era um caso de delírio psicótico ou se ela estava tentando enviar alguma mensagem codificada.

A publicação de mensagens fazendo menção a teorias da conspiração, nazistas, e envolvendo o FBI e a CIA eram bastante frequentes.

Uma página na rede social, cuja última publicação foi feita em janeiro de 2015, informa que Karin ainda estaria viva. A conta de usuário dela foi removida do Facebook em 2016.

Ninguém sabe se a mulher trocou de conta, se ela está morta, ou se foi internada em um hospital psiquiátrico.

2

f04cb41f154db2f05a4a

f04cb41f154db2f05a4a

Em meados de 2013, um usuário da mídia social Reddit denominado f04cb41f154db2f05a4a deu inicio a postagem de códigos os quais ninguém nunca conseguiu decifrar.

Em meio as mensagens codificadas esse usuário colocou a palavra “Help” (ajuda, em inglês). Ninguém sabia a que se referia o pedido de ajuda e as mensagens misteriosas continuavam.

Alguns acreditam que as mensagens estejam criptografadas com código Base64. Além disso, descobriu-se que o usuário não era um software disparando mensagens aleatórias, mas sim uma pessoa real.

Até hoje isso permanece sendo um mistério.

3

Katy Robinson

katy-robinson-jeff-the-killer

Em 2008 uma suposta garota chamada Katy Robinson enviou uma foto para seu perfil no fórum 4chan. Mas, por estar acima do peso, ela foi alvo de bullying por parte dos outros usuários e logo ficou offline.

No dia seguinte, outra garota que se dizia irmã de Katy entrou no fórum para dizer que a menina havia cometido suicídio:

“Atenção 4chan,

Ontem eu encontrei minha irmã em seu quarto chorando muito. Eu lhe perguntei porque ela estava tão pra baixo, e ela me disse que era por causa dela ser gorda.

Eu fiquei furiosa, e pedi que ela me contasse quem havia feito ela de boba. Ela me contou que havia postado a sua foto em um site chamado ‘4chan.org’, ela continuou dizendo que esse site havia se divertido às suas custas, e postado ‘Shops’ (Alterações fotográficas com photoshop) de sua imagem.

Eu estou abismada.

Deem uma boa olhada nesta foto, porque essa bela mulher, minha irmã, cometeu suicídio na noite passada.”

Dias depois surgiu um novo perfil denominado “Jeff the Killer”, pelo qual o usuário começou a fazer comentários e postagens. A foto de perfil desse usuário era uma modificação da foto original de Katy Robinson.

A partir daí, especulou-se sobre a possibilidade de “Jeff the Killer” ser um dos garotos que ofenderam Katy pela internet antes dela cometer suicídio, ou talvez a própria Katy se passando por sua irmã e até mesmo pelo perfil sinistro.

4

11B-X-1371

11b-x-1371

O vídeo publicado com o nome 11B-X-1371 mostra um homem em um traje escuro em um lugar aparentemente abandonado em meio a uma floresta.

O vídeo tem efeitos tremidos que o tornam ainda mais bizarro. Algumas vezes o homem levanta a mão, mostrando uma luz que pisca diversas vezes.

A trilha de áudio possui um ruído ensurdecedor criado de forma eletrônica que parece sincronizar com o piscar da luz.

O vídeo ficou popular em outubro de 2015, quando o usuário Johny Krahbichler o publicou na internet. Embora o vídeo já tivesse sido postado anteriormente, ele não fez sucesso.

Em novembro de 2015, um homem supostamente chamado Parker Warner Wtright publicou em sua conta recém criada no Twitter uma mensagem dizendo que ele havia feito o vídeo.

Segundo ele, era um cidadão americano vivendo na polônia e que fez o vídeo como um projeto de arte. Duas cópias do vídeo teriam sido deixadas em locais públicos, uma no metrô e outra em um banco de parque.

Assista ao vídeo abaixo:

5

973-eht-namuh-973

973-eht-namuh-973

No ar desde 2003, o site 973-eht-namuh-973.com vem intrigando pessoas de todo o mundo. Sua página inicial traz um triângulo invertido com a palavra “abracadabra”. Muitas palavras e imagens inquietantes podem ser vistas nesse domínio.

Não está claro do que se trata o conteúdo, embora pareça fazer menção a religião e numerologia. Algumas pessoas acreditam que ele é na verdade uma espécie de quebra-cabeça, enquanto outras acham que tudo é obra de um matemático maluco.

O site traz em seu nome palavras invertidas que significam “The Human” (O Humano, em inglês), mas ninguém sabe a que se refere o número “973”, que por sinal aparecem com frequência no site.

Fazendo uma pesquisa WHOIS na internet é retornada a informação de que o site está registrado no nome do britânico David Denison.

Adicione um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

loading...